• Porto & Bitetti

Qual a importância do planejamento tributário para a empresa?

A carga de impostos que incide sobre as empresas brasileiras é complexa e pode resultar em muita dor de cabeça para os empreendedores. Conhecer e entender essa tributação é fundamental para fazer um bom planejamento tributário e delinear um caminho de sucesso e crescimento.

A legislação brasileira é muito complexa — e essa é uma característica peculiar no nosso país. Há estudos que demonstram que a carga tributária é alta e que as leis são muito complicadas. Dessa forma, para melhorar o planejamento tributário buscar uma assessoria profissional tornando possível ficar dentro das regras fiscais. O que é planejamento tributário e qual a sua importância?

O planejamento tributário é um processo no qual uma assessoria especializada realiza um estudo da eficiência tributária da empresa. Nesse processo são analisadas questões referentes à redução da carga tributária, ao fluxo de caixa e ao próprio planejamento futuro.

Isso significa que é realizada uma projeção sobre como será o comportamento dos tributos nos próximos anos. Com essas informações, esse planejamento serve como ferramenta para tomar decisões na gestão da companhia, não só da parte financeira, mas também da parte gerencial. Atualmente, considerando o cenário de crise econômica e a insegurança sobre o mercado interno e externo, é fundamental que as empresas contem com um planejamento tributário eficiente.

Assim, além de otimizar a carga tributária, a companhia economiza no pagamento de impostos e no caixa. Com isso, é possível investir em novos equipamentos e na contratação de profissionais. O planejamento também é muito importante para evitar que as empresas não sofram uma autuação fiscal. Quando uma organização apresenta irregularidades com o fisco, ela recebe multas — o que afeta o caixa.

Portanto, essa atividade é importante para o presente e para o futuro das organizações, além de ser uma forma de garantir que os procedimentos estarão de acordo com a legislação, o chamado compliance. As empresas que seguem as regras tributárias não são penalizadas pelo fisco, o que ajuda a manter a saúde financeira da companhia. O que um bom planejamento tributário deve ter?

As principais dicas para se fazer um planejamento tributário, principalmente de uma empresa já ativa, são rever os seus processos, o que inclui fazer os cálculos e verificar a taxa efetiva, ou seja, a quantia de tributo a ser paga.

Depois é importante tentar adiar as ações que fazem com que a carga tributária aumente. Nesse caso, é possível avaliar quais são, por exemplo, as despesas dedutíveis do Imposto de Renda.

Em cima disso, as empresas podem realizar um balanço das operações que estão gerando um efeito de isenção do Imposto de Renda e, com isso, fazer o que for necessário para mitigar o processo.

Outra questão importante é a revisão do crédito tributário do PIS e COFINS. Para isso, é interessante tentar mapear aquilo que toma e que poderia tomar crédito.

Também é muito importante saber analisar os riscos. Com base no conhecimento das regras da legislação, as empresas reduzem as ameaças, pois emitem notas conforme mandam as normas e cumprem as regras tributárias. Por isso, é necessário contar com uma assessoria experiente e com conhecimento técnico.


O planejamento tributário possibilita que a empresa se mantenha na legalidade e evita eventuais penalidades ou processos frente aos órgãos públicos. Com isso, é possível minimizar legalmente a carga tributária e aproveitar os recursos para investir em infraestrutura. Gostou das informações? O escritório Porto & Bitetti é especializado em planejamento tributário. Se precisar de mais detalhes, ligue que nós te ajudamos. Porto & Bitetti Advogados⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

www.portobitetti.com.br⠀⠀

Telefone: (11) 2649-5712⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

WhatsApp: (11) 95580-8791

3 visualizações

© 2020 Porto & Bitetti Advogados. Designed by The House of M

  • Branca Ícone LinkedIn
  • Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Instagram Branco